Sobre nós

Histórico

Os esforços de proteção das onças do Iguaçu tiverem início em 1990, como pesquisador Peter Crawshaw Jr., que criou o Projeto Carnívoros do Iguaçu.

Durante quase uma década, ele e sua equipe monitoraram algumas espécies de carnívoros da Mata Atlântica, produzindo informações biológicas e ecológicas inéditas sobre elas, especialmente a onça-pintada, um dos alvos principais do estudo original, juntamente com a jaguatirica.

A partir de animais equipados com radio transmissores, ele calculou uma densidade de 3,6 onças-pintadas/100 km, estimando uma população mínima de 68 onças para todo o Parque Nacional do Iguaçu, um número já considerado alarmante em termos conservacionistas na época.

Além de uma população reduzida, o estudo constatou ainda as mortes de 10 onças, por caçadores e donos de rebanhos atacados por onças nas vizinhanças do Parque, em um período de apenas três anos. Entre 1995-97, outras 30 onças adultas foram mortas no entorno do Parque, devido a causas semelhantes, gerando uma expectativa bastante pessimista em relação à viabilidade da população local.

Tais informações tiveram grande impacto sobre a elaboração do Plano de Manejo do PNI, concluído em 1999, que incluiu medidas específicas para as onças-pintadas, consideradas prioritárias para a conservação da população local da espécie: “… Avaliar, em conjunto com o CENAP, os dados da biologia e proceder, se possível, a estudos de variabilidade genética da onça-pintada Panthera onca e proceder à realização da sua análise de viabilidade populacional e de habitat (PVA/PHVA). Buscar parcerias para a captação de recursos e realização do PVA/PHVA da onça-pintada”.

 

 

Apesar da determinação oficial do Plano de Manejo, tais ações não foram executadas nos anos seguintes devido à restrição de recursos humanos, logísticos e financeiros, já que estas requerem estruturas laboratoriais complexas, técnicos capacitados e elevados gastos com material de consumo, além de informações biológicas e ecológicas ainda indisponíveis para a espécie.

Mesmo com os esforços empregados pela equipe de proteção do Parque, a população de onças sofreu uma drástica redução aparente nos anos seguintes, atribuída, em parte, à pressão de caça exercida pelas populações vizinhas sobre estes predadores e suas presas, mas também a possíveis fatores demográficos comuns às pequenas populações de organismos. Tal redução gerou uma preocupação crescente com a situação da espécie junto à administração do Parque.

Após quase dez anos de perspectivas desanimadoras em relação à execução das medidas previstas no Plano de Manejo, a solução para a falta de recursos financeiros para o monitoramento das onças do Parque Nacional do Iguaçu surgiu através do processo de renovação do contato de concessão do Hotel das Cataratas. O edital internacional de licitação do hotel em 2006 incluiu, após ampla negociação, a obrigatoriedade contratual de financiamento de um projeto de longo prazo por parte da empresa vencedora.

Em 2009 os trabalhos puderam ser retomados graças à disponibilização de recursos advindos da renovação do contrato de concessão do Hotel Belmond Cataratas.

O projeto foi então retomado, com a bióloga Marina Xavier da Silva e sua equipe, e incluiu o envolvimento de novos parceiros. Em 2010 foi firmado um acordo de cooperação internacional com pesquisadores argentinos do ProyectoYaguareté para unir esforços para a pesquisa e conservação, com o objetivo de traçar um panorama conjunto da situação da espécie no contínuo de Floresta Atlântica compartilhado por ambos os países.

Nossa Equipe

Nullam hendrerit aliquam egestas. Quisque condimentum gravida libero a semper. Sed a ante at tellus interdum eleifend et in nibh. Nam iaculis nunc at nunc tincidunt, eu commodo tellus sagittis. Nullam hendrerit aliquam egestas. Quisque condimentum gravida libero a semper. Sed a ante at tellus interdum eleifend et in nibh. Nam iaculis nunc at nunc.

adult-boy-close-up-903661-about.jpg

Khad Croeger

Senior Zoologist

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nullam quis sem lacus. Nunc venenatis ultricies sapien, vel placerat ante commodo id. Nullam turpis velit, porta quis tempor eu, posuere quis augue.

beautiful-blur-blurred-background-733872-about.jpg

jess gardner

Zoologist

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nullam quis sem lacus. Nunc venenatis ultricies sapien, vel placerat ante commodo id. Nullam turpis velit, porta quis tempor eu, posuere quis augue.

adult-beach-casual-736716-about.jpg

jack thatch

Ornithologist

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nullam quis sem lacus.

beautiful-brunette-close-up-705821-about.jpg

alex-may

veterinarian

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nullam quis sem lacus.

adult-bushes-casual-247917-about.jpg

henry bard

Behavioral Scientist

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nullam quis sem lacus.

Donec nec urna aliquam, gravida magna ac, volutpat nisi. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Phasellus nec risus est. Duis neque arcu, eleifend vitae lacus at, faucibus luctus metus. Ut sagittis non velit eget pharetra. Aliquam ut vulputate neque. Donec maximus imperdiet finibus. Nam risus nisi, sodales et dolor at, varius sollicitudin quam. Suspendisse blandit quam leo, eu placerat magna commodo in. Donec aliquam augue iaculis, molestie ligula malesuada, tincidunt ante. Morbi varius diam metus, sed porta arcu convallis ac. Ut vitae suscipit nisl, vitae sollicitudin purus.

BECOME A ZOOKEEPER

Join The Team

Maecenas vestibulum mollis diam. Ut a nisl id ante tempus hendrerit. Fusce risus nisl, viverra et, tempor et, pretium in, sapien.