Você viu a onça?

Sua informação é importante para nós.

Sobre nós

O Projeto Onças do Iguaçu é um projeto institucional do Parque Nacional do Iguaçu, que tem como missão a conservação da onça-pintada, como espécie-chave para a manutenção da biodiversidade na região do Parque.

Os Felinos

No Brasil temos nove espécies de felinos, todas ameaçadas de extinção. Seis delas ocorrem no Parque Nacional do Iguaçu.

As informações apresentadas neste site sobre os felinos são baseadas no site do Instituto Pró Carnívoros.

A onça-pintada é o maior felino das Américas, e o terceiro maior felino do mundo, depois do leão e do tigre. A potência de sua mordida considerada a maior dentre os felinos de todo o mundo.

Croissant, uma das onças-pintadas do Iguaçu

A Onça-Pintada no Brasil

No Brasil a onça-pintada está listada como Vulnerável, mas seu status de conservação varia em cada bioma. Na Mata Atlântica a espécie está criticamente ameaçada. Estima-se que uma redução populacional de pelo menos 50%, provavelmente mais próxima a 87-90%, ocorreu nos últimos 10-15 anos na maior população de onças-pintadas da região do Alto Paraná.

O Dia nacional da onça-pintada

Através da Portaria MMA N°8, de 16 de outubro de 2018, a onça-pintada foi reconhecida como Símbolo Brasileiro da Conservação da Biodiversidade. A portaria também institui o dia 29 de novembro como o Dia Nacional da Onça-Pintada.

O objetivo da criação desta data comemorativa é ter nacionalmente, todos os anos, uma reflexão e discussão sobre a conservação da onça-pintada. Para que escolas, zoológicos, unidades de conservação e projetos de conservação discutam o assunto e encontrem formas de conectar as pessoas com estes felinos.